Home > Notícias > Direitos Humanos > O Brasil parou!

O Brasil parou!

O dia 28 de abril foi marcado pela greve geral de categorias profissionais. Em diversas cidades do estado do Rio de Janeiro rodoviários, metroviários, professores e trabalhadores do comércio aderiram à greve em protesto contra as reformas trabalhista e da Previdência. Na maioria dessas cidades, os serviços de transporte coletivo foram interrompidos parcialmente ou totalmente durante o dia. Agências bancárias, escolas e lojas ficaram fechadas.

As centrais montaram palco em alguns praças e no palco, junto a movimentos sindicais e parlamentares, criticam pontos das reformas, como a idade mínima para a aposentadoria e o fim da obrigatoriedade da contribuição sindical. No mesmo dia, Michel Temer se reuniu com a alta cúpulo do governo em uma reunião de portas fechadas.

Um dos pontos de destaque no Rio foi a paralisação do serviço das Barcas S/A por quatro horas, devido a falta de tripulação completa, o que impedia o funcionamento regular do serviço. No centro do Rio, durante a manifestação, a violenta ação da polícia tomou destaque e paralisou a manifestação. O deputado estadual Flavio Serafini (PSOL) sofreu um ataque enquanto discursava no palco da praça da Cinelândia.