Home > Notícias > Mais Notícias > Alteração do Bilhete Único volta à pauta e é aprovado com prejuízos aos trabalhadores

Alteração do Bilhete Único volta à pauta e é aprovado com prejuízos aos trabalhadores

Hoje foi mais um dia de votação do Pacote de Maldades do Pezão. O Bilhete Único, como anunciado mais cedo, terá um aumento de R$6,50 para R$8. E ainda limita o benefício a quem ganha até R$3.000 e os isentos de imposto de renda. O programa deixa de ser um programa universal.

Isto significa que mesmo quem será beneficiado pagará mais caro pelo Bilhete Único. E uma grande parcela da população ficará sem nenhum benefício. Isso vai gerar um alto custo de passagem no bolso do trabalhador e até desemprego.


Demais projetos

O projeto que aumenta o seu imposto sobre a luz, combustível, telefone, internet e bebidas que seria votado hoje foi adiado para a próxima terça-feira (13/12). Já o sobre a utilização dos recursos de fundos não ser votado por inconstitucionalidade.

O Renda Melhor e Renda Melhor Jovem foi rejeitado por unanimidade pelos parlamentares.

#EquipeFlavioSerafini