Home > Notícias > Mais Notícias > Chega de Descaso com a saúde

Chega de Descaso com a saúde

chega de descasoNo Dia Nacional da Saúde, 05/8, o Movimento Chega de Descaso realizou um encontro para debater sobre a defesa do direito a saúde e expor pautas importantes para a garantia de uma saúde pública e de qualidade. Na atividade, além de debates, houve intervenções artísticas. Flavio Serafini participou da atividade, na qual lembrou do descaso com o SUS.

“Não podemos aceitar o discurso das isenções fiscais. Em todas as esferas do governo existe o tempo todo uma série de isenções fiscais pra saúde privada. Isso é encaminhado de forma a nos envolver nessa lógica e é fundamental que a gente combata isso, e que a gente entenda que quando o estado abrir mão de garantir e de gerir um direito social como a saúde, ou como a cultura, em troca de um modelo baseado em incentivos fiscais, a gente está enfraquecendo o público e fortalecendo o privado.”

Entre os principais temas em discussão estavam a rejeição do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB), ao pedido de criação da CPI dos Planos de Saúde, proposta pelo deputado federal Ivan Valente (PSOL). Segundo denúncias, o presidente da Câmara recebeu recursos da Bradesco Saúde em sua campanha eleitoral e foi relator da MP 627, que anistiava os planos de saúde em dois bilhões de reais. Sem falar em seu possível envolvimento na Operação Lava Jato.