Home > Notícias > Justiça Socio Ambiental > Gente das areias

Gente das areias

gente das areiasNo dia 3 de junho, representantes do mandato se reuniram com o diretor da Editora da Universidade Federal Fluminense (Eduff), Anibal Cabral, para pedir reedição do livro, “Gente das Areias: história, meio ambiente e sociedade no litoral brasileiro”, de autoria dos antropólogos Dr. Marco Antonio da Silva Mello e Dr. Arno Vogel. Para o mandato, o livro tem desempenhado um papel central, servindo de instrumento de acesso à informação, memória e fortalecimento dessas famílias de pescadores de Maricá, mais especialmente de Zacarias.

O livro – produzido ao longo de anos de estudos nas comunidades – apresenta o conteúdo de valor singular para a construção do saber científico antropológico e para o registro histórico da comunidade tradicional de Zacarias. O amplo reconhecimento acadêmico do trabalho é atestado, por exemplo, pela premiação recebida da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais, no ano de 2005.

“Entendemos a importância de reforçar a obra mencionada para a preservação da restinga de Maricá e a proteção do território pesqueiro da comunidade tradicional de Zacarias. Por esse motivo, reafirmamos o interesse na reedição da obra, que certamente inaugurará mais uma etapa de visibilização da luta dos pescadores artesanais no Estado do Rio de Janeiro”, explicou Francisco Barros, um dos assessores parlamentares do Flavio Serafini.

O diretor, que já havia se mobilizado anteriormente para promover a reedição, explicou as especificidades para dar continuidade ao processo. Segundo ele, a formatação do livro que tem um formato gráfico e impressão diferenciada deverá levar mais tempo do que uma reedição normal. Para ele, é de extrema importância manter o formato original do livro.