Home > Notícias > Mais Notícias > Carta-Compromisso

Carta-Compromisso

Se muito vale o já feito, mais vale o que será!

Hoje, 1º de fevereiro, tomamos posse como deputado estadual com muita alegria e sentimento de responsabilidade. Temos clareza de que este mandato é reflexo não apenas da minha trajetória política e militante, mas, principalmente, de todos e todas que se somaram a esta caminhada na expectativa de construção de um mandato baseado em princípios claros de defesa de uma sociedade justa e igualitária, calcada no bem-estar da maioria da população e não no lucro de poucos. Esse mandato coletivo estará nas ruas e nas lutas, sempre comprometido com os diferentes movimentos sociais que buscam transformar a realidade na qual vivemos. Nosso mandato é parte do PSOL, e estará junto à bancada do partido, buscando fortalecer caminhos de mudança para o estado do Rio de Janeiro.

 

Esta vitória eleitoral veio em um momento importante. O ano de 2015 iniciou com um quadro alarmante de crise ambiental com extremos climáticos e escassez de água; o recrudescimento da violência, com o aumento dos homicídios e dos autos de resistência; com o aumento das passagens no transporte público acima da inflação; com mais uma página da crise permanente da nossa educação, com drásticos cortes de verba e trabalhadores terceirizados sem receber salários. A saúde pública aumentou a sua crise, com a ampliação dos processos de privatização e precarização dos serviços públicos através das organizações sociais, justamente quando este modelo é mais questionado, tanto por denúncias de corrupção quanto por estudos que mostram sua pouca efetividade.

 

Ao mesmo tempo, o inconformismo, as greves, as mobilizações e a vontade de transformação tomam as ruas do país. Nosso mandato só tem sentido como instrumento político dessas lutas. Nos somamos à necessidade de propor uma nova agenda de ampliação de direitos e fortalecimento do bem comum. É preciso lutar porque é possível vencer.

 

Diante desta realidade, este mandato, que é coletivo, será um espaço para a auto-organização cidadã. Reafirmamos nossas posições de campanha e fazemos delas nossas lutas. A educação, uma pauta tão cara para nós, será uma das principais frentes. Faremos propostas de ampliação dos recursos destinados a ela; lutaremos pelo fortalecimento da escola pública com profissionais concursados, condições dignas para o processo educativo, autonomia pedagógica e ambiente democrático. A luta ecológica também será prioridade: defenderemos a universalização do acesso à água, coleta e tratamento de esgoto, e enfrentaremos os mega-empreendimentos com grandes impactos sociais e ambientais, buscando outro modelo de desenvolvimento. Nosso mandato também defenderá o fortalecimento do SUS, combatendo todas as formas de privatização, sucateamento e desassistência. A juventude, motor das lutas e o pulsar das ruas, fará parte deste mandato de forma ativa. Assumimos o mais profundo compromisso com as pautas feministas, tão importantes para uma sociedade mais justa. O direito à cidade e os direitos humanos nortearão permanentemente nossa atuação parlamentar. Nos propomos a potencializar a luta pela ampliação das barcas e do transporte sobre trilhos, na perspectiva de superação do caos no trânsito de toda a região metropolitana. Acreditamos também na necessidade de ampliar e aprofundar os mecanismos de participação popular na política, e nos colocamos permanentemente abertos ao diálogo, às sugestões e às críticas daqueles que queiram contribuir.

 

Este mandato que se inicia é instrumento de transformação para todos e todas que acreditam e se engajam em mudar as condições de vida de nosso povo. Somos fruto destas lutas e permaneceremos como parte delas. Não basta termos outra política: precisamos fazer a política de uma nova maneira. Ventos de mudança sopram pelos quatro cantos do mundo, e nos somamos àqueles que teimam em navegar contra a maré de desigualdade e injustiça. Aqueles que se encontram no poder precisam ser derrotados por um mar de esperança e transformação. Vamos juntos! Sonho que se sonha junto é realidade.

carta-compromisso